Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Estudantes libertados na Nicarágua

Estudantes libertados na Nicarágua
Tamanho do texto Aa Aa

Bispos católicos asseguraram este sábado a libertação dos mais de 200 estudantes que estavam retidos numa igreja cercada pela polícia em Manágua.

O cerco começou sexta-feira à noite depois de um ataque de polícias e militares à Universidade Autónoma da Nicarágua para desmobilizar mais uma ação de protesto contra o presidente Daniel Ortega.

Muitos dos estudantes fugiram para a Igreja Católica da Divina Misericórdia, situada ao lado da Universidade.

Dois manifestantes morreram durante o cerco.

Para o padre católico Juan Domingo Gutierrez “a igreja tem de estar ao lado das pessoas e da comunidade. Especialmente em momentos de crise como acontece neste momento na Nicarágua e em situações difíceis, quando o comportamento das autoridades não faz sentido”.

O cerco aos estudantes aumentou as críticas ao presidente e à repressão violenta contra a oposição ao seu governo.

Em três meses de protestos mais de 270 pessoas morreram e 2 mil ficaram feridas.