Última hora

Última hora

Zimbabué: Partido de Chamisa clama vitória mesmo sem resultados oficiais

Em leitura:

Zimbabué: Partido de Chamisa clama vitória mesmo sem resultados oficiais

Zimbabué: Partido de Chamisa clama vitória mesmo sem resultados oficiais
Tamanho do texto Aa Aa

Os votos anda não foram todos contados mas o partido do principal candidato da oposição no Zimbabué já clama vitória.

"Ganhámos a eleição. Já recolhemos os resultados todos e mostram que ganhámos."

Tendai Biti Partido Movimento para a Mudança Democrática

Reuters
Nelson ChamisaReuters

Nelson Chamisa, líder do Movimento para a Mudança Democrática, era apontado como a segunda escolha dos votantes. Para o próprio partido. a vitória é ja garantida.

"Ganhámos a eleição. Já recolhemos os resultados todos e mostram que ganhámos. Estamos agora a pedir e a pressionar a Comissão eleitoral para que anunciem os resultados.", anunciou Tendai Biti, membro do partido de Chamisa.

O candidato favorito era Emmerson Mnangagwa, atual chefe de estado, com 75 anos e líder da União Nacional Africana, o mesmo partido de Mugabé.

No dia das eleições, o partido opositor ao governo de Mugabé denunciou manipulação de voto em alguns postos espalhados pelo país.

Para os observadores da União Europeia, é necessário um controlo a fim de evitar fraudes.

"Apelamos à transparência neste processo todo. Deverá haver uma possibilidade dos resultados poderem ser rastreados desde as urnas, para que o resultado seja mais credível.", admitiu Elmar Brok, observador europeu.

Segundo a Comissão Eleitoral do Zimbabué, os votos demoram cinco dias a ser contados deste o dia das eleições.

Até agora ainda não é conhecido o candidato que irá ocupar a cadeira que Mugabé ocupou durante 37 anos.