This content is not available in your region

Boris acredita "apaixonadamente" em novo acordo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Boris acredita "apaixonadamente" em novo acordo
Direitos de autor  Daniel Leal-Olivas/Pool via REUTERS/File Photo   -  

Boris Johnson diz que acredita "apaixonadamente" que pode conseguir um novo acordo sobre o Brexit com Bruxelas.

A afirmação do primeiro-ministro britânico foi feita antes da primeira reunião presencial com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, esta segunda-feira.

Entretanto, o ex-primeiro-ministro britânico, David Cameron, chamou Johnson de mentiroso, que apenas apoiou a campanha de saída para ganhar protagonismo.

Nas memórias recém-publicadas, Cameron diz que o líder conservador é um embaixador da era do populismo que distorce a verdade. Também sugere que Johnson realizou uma campanha racista, concentrando-se na possibilidade de a Turquia ingressar na União Europeia.

No atual drama do Brexit, os Liberais Democratas endureceram a postura anti-Brexit, adotando formalmente uma política para cancelar a saída da União Europeia se ganharem as eleições nacionais.

``"Um governo de maioria liberal-democrata revogará o Artigo 50. Colocaremos um fim ali e depois ao pesadelo do Brexit que está a arrastar o país inteiro para baixo e a dividir-nos. E começaremos a enfrentar imediatamente as razões pelas quais as pessoas votaram pela saída," afirmou o deputado liberal-democrata, porta-voz do partido sobre o Brexit, Tom Brake.

Esta semana, o Supremo Tribunal do Reino Unido também avaliará se o decreto de Johnson de suspender o Parlamento por cinco semanas é legal ou não.