This content is not available in your region

Onda de calor na Europa provoca vários incêndios em Espanha

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Onda de calor intensa atinge a Europa.
Onda de calor intensa atinge a Europa.   -   Direitos de autor  Manu Fernandez/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.   -  

A onda de calor precoce que tem varrido o sul da Europa nos últimos dias continua a ser o catalisador de vários incêndios em Espanha. O mais grave é o da Serra de Culebra, na província de Zamora, um incêndio que já queimou 20 mil hectares e que obrigou à retirada de centenas de pessoas das suas casas. O incêndio, que ainda está fora de controlo, começou na quarta-feira à noite devido a um raio de uma tempestade e continua a avançar para norte.

A Catalunha também está a enfrentar vários incêndios simultâneos. O governo diz que esta é uma situação de "máxima gravidade" e que "prevê um verão difícil".

Esta intensa canícula fora de época, com origem no Norte de África é motivo de preocupação e um sinal de alarme face à emergência climática.

Marie Terquis, turista francesa, defende que esta onda de calor é "alarmante" e diz que estamos a observar as "consequências das alterações climáticas". Marie defende que é necessário encontrar soluções para o futuro.

Tal como muitos outros países europeus, a Suiça está a ser atingida pela primeira grande vaga de calor do ano e os rios e lagos têm estado sobrelotados.

Na Alemanha, as temperaturas superaram os 35 graus, este sábado, em várias cidades.

Em França, o aviso vermelho foi levantado, mas 50 departamentos franceses continuam em alerta laranja.