"Poupar água" é a palavra de ordem no sul da Europa

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Imagens de seca extrema na Europa
Imagens de seca extrema na Europa   -   Direitos de autor  Luca Bruno/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved

As alterações climáticas, as infra-estruturas obsoletas e os resíduos fizeram da água potável um bem cada vez mais precioso.

Na Europa, a Suíça é o país com o maior consumo per capita, com cerca de 300 litros por dia, seguido da Itália, onde cada habitante consome 245 litros de água por dia. Em Portugal a média é de 124 litros por dia.

As autoridades da região de Verona, em Itália, restringiram o uso de água potável às necessidades domésticas, limpeza e higiene pessoal. Até 31 de agosto, é proibida a utilização de água para a irrigação de hortas, campos desportivos e enchimento de piscinas.

Na cidade, as medidas agradam; as multas nem tanto.

"Sim, já ouvi dizer. Seria bom poupar um pouco em todo o lado; poupar água, poupar gás e luz", diz uma residente.

Um jovem opina: "Para mim, limitar o uso de água é correto, mas as multas são um pouco exageradas".

Portugal está em seca meteorológica. Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) 96% do território está em seca extrema ou severa; 4% em seca moderada.

Esta é a pior seca registada no país desde 1931.

O governo está a criar campanhas para o uso eficiente da água, enquanto no Alentejo e Algarve começam a ser aplicadas medidas restritivas.