Ativistas lutam para manter candeeiros a gás em Londres

Access to the comments Comentários
De  euronews
Acendedor de candeeiros nas ruas de Londres
Acendedor de candeeiros nas ruas de Londres   -   Direitos de autor  AFP

Ativistas estão a lutar para que os candeeiros a gás não desapareçam das ruas de Londres. A autarquia de Westminster quer eletrificar 94 candeeiros que até agora funcionavam a gás, e os planos iniciais, entretanto descartados, previam mesmo a substituição de 174 candeeiros, classificados como património, por LEDs.

Os planos da autarquia têm sido contestados por moradores e defensores do património.

"São uma parte incrivelmente importante da história de Londres, estão no ADN de Londres", realça o ativista Luke Honey, que é comerciante de antiguidades. 

Os ativistas não se contentam com o facto de ter diminuído o número de candeeiros que vão ser convertidos. "Sentimos que perder 90 ainda é demasiado. Todos os argumentos que apresentámos sobre o pequeno impacto ambiental das lâmpadas e o custo de manutenção... se vão manter 174, podem manter todos", defende Tim Bryars, ativista e vendedor de livros raros. 

Londres tem mais de 1000 candeeiros a gás, que foram instalados no início do século XIX. Nessa época, foram considerados uma grande inovação numa cidade com ruas escuras, sujas e até perigosas.