Covid-19: China acelera vacinação dos idosos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Filas para a vacinação Covid-19 na China
Filas para a vacinação Covid-19 na China   -   Direitos de autor  Andy Wong/Copyright 2022 The AP. All rights reserved

A China está a acelerar a vacinação de pessoas idosas para combater os surtos de Covid-19.

A decisão surge em plena vaga de protestos contra os confinamentos e a política de combate à pandemia de Pequim.

Face às críticas, as autoridades de saúde respondem com apelos às vacinas.

A diretora do Departamento de Resposta a Situações de Emergência na Saúde, Guo Yanhong, deixou a seguinte mensagem em conferência de imprensa.

"Sugerimos às pessoas que não têm contraindicações e satisfazem os critérios de elegibilidade de vacinas, especialmente os idosos, que tomem as vacinas COVID-19 o mais rapidamente possível. E aqueles que são elegíveis devem tomar uma dose de reforço em breve".

Palavras que não ecoam junto de milhões de chineses. Ainda assim, a calma voltou às ruas de algumas cidades como Xangai, onde o reforço policial desencorajou os manifestantes.

Em Hong Kong, palco de muitas batalhas com a liderança chinesa, um pequeno grupo expressou apoio aos manifestantes no continente, onde novas ordens de confinamento podem por à prova a paciência dos chineses.