Arrancou na Austrália a construção do maior radiotelescópio do mundo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
AP
AP   -   Direitos de autor  euronews

Arrancou esta segunda-feira na Austrália a construção de um dos maiores projetos científicos do século XXI. O Square Kilometer Array (SKA) será o maior radiotelescópio do mundo. Mas só em 2028, ano em que ficará concluído.

A mega instalação estará dividida entre a África do Sul e a Austrália, e terá sede no Reino Unido. No continente australiano estão já a ser instaladas 130 mil antenas em forma de árvore.

O ministro britânico da Ciência admite que construir metade do projeto na África do Sul fará com que o planeta tenha "dois ouvidos". "Os dois telescópios complementares serão os ouvidos de cada lado do planeta, permitindo-nos escutar os murmúrios do universo profundo que estão a gerar tanto entusiasmo na ciência", admitiu George Freeman. 

Quando concluídas, as antenas na Austrália e a rede de antenas na África do Sul farão o Square Kilometre Array (SKA), uma enorme infraestrutura que terá como objetivo desvendar mistérios sobre a criação de estrelas, galáxias e vida extraterrestre.

Por detrás deste mega projeto está uma organização de 14 membros: Reino Unido, Austrália, África do Sul, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Itália, Nova Zelândia, Espanha, Suécia, Suíça e Holanda.

O observatório no Reino unido já admitiu que as primeiras descobertas cientificas serão feitas perto do ano de 2030.