This content is not available in your region

Eurodeputados defendem mais pressão sobre regime de Lukashenko

Access to the comments Comentários
De  Pedro Sacadura
Eurodeputados defendem mais pressão sobre regime de Lukashenko
Direitos de autor  MICHAL CIZEK/AFP   -  

Mais sanções, ainda mais contundentes, contra a Bielorrússia, a economia do país e as fontes de financiamento do regime de Aleksandr Lukashenko.

O apelo dos eurodeputados ecoou durante o debate, no Parlamento Europeu, sobre a reação da União Europeia ao desvio de um voo da Ryanair pela Bielorrússia e ao rapto de dois civis a bordo.

Para o chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, o aparecimento de uma das vítimas, o jornalista opositor do regime bielorrusso Roman Protasevich na televisão estatal do país foi como um murro no estômago: "A confissão forçada na televisão estatal é outro exemplo de violações flagrantes dos direitos humanos fundamentais cometida pelo regime de Aleksandr Lukashenko. Foi horrendo ver esta imagem destas pessoas detidas, a chorar."

Apesar de o Conselho Europeu mostrar unidade na rápida adoção de sanções no rescaldo do ataque, há quem diga que foi pouco. E que medidas mais musculadas contra a Bielorrússia e o aliado de todas as horas - a Rússia - deveriam ter sido adotadas muito antes de Lukashenko se atrever a perseguir civis no ar.

"Para este tipo de violação, claro que a reação foi adequada. Penso que a União Europeia não fez o suficiente antes do episódio do desvio do avião. A oposição bielorrussa sobre pressão, aumentou tudo nos últimos anos. Penso que a Europa não fez o suficiente nesse sentido. Deu a Lukashenko a possibilidade de ir um passo mais além", sublinhou, em entrevista à Euronews, o eurodeputado estónio Riho Terras, do Grupo do Partido Popular Europeu.

Entretanto, o regime bielorrusso decretou uma lei que prevê penas de até três anos de prisão para quem participar em mais de duas manifestações não autorizadas.

A União Europeia fala em pelo menos 450 presos políticos no país, além de Roman Protasevich e da companheira Sofia Sapega.