Última hora

Última hora

Siga os passos de Nelson Mandela através dos lugares que marcaram a história da África do Sul

Em leitura:

Siga os passos de Nelson Mandela através dos lugares que marcaram a história da África do Sul

Siga os passos de Nelson Mandela através dos lugares que marcaram a história da África do Sul
Tamanho do texto Aa Aa

Este ano, a África do Sul comemora o centenário do nascimento de Nelson Mandela. Nascido a 18 de julho de 1918, o pai da nação "arco-íris" mudou para sempre a história sul-africana: seguir o seu percurso histórico permite mergulhar na alma do país... A fim de celebrar o aniversário deste símbolo da pacificação de uma nação com uma história tão rica quanto conturbada, o Gabinete de Turismo da África do Sul criou um itinerário turístico seguindo os passos do militante anti-apartheid. E se embarcasse numa viagem inesquecível na sua companhia? Reviva as etapas chave da sua história percorrendo este magnífico país de norte a sul, desde a sua capital económica, Joanesburgo, até ao extremo sul do continente...

Joanesburgo, o berço da luta de Madiba

Primeira etapa da viagem, em Joanesburgo, mergulhe na essência da história sul-africana visitando o Museu do Apartheid. Construído em 2001, fruto do dever de preservar a memória nacional, este museu retrata toda a história da política de segregação racial adotada pelo partido nacional em 1948 e que foi abolida em 1994 após a eleição de Mandela para a presidência do país. Reviva o combate aguerrido levado a cabo pelos resistentes liderados por Nelson Mandela através de imagens, vídeos, registos sonoros e objetos variados.

Outro local incontornável do percurso de Madiba em Joanesburgo, a prisão de Constitution Hill, hoje transformada em museu, recorda o duro quotidiano de Nelson Mandela durante os períodos de encarceramento em 1956 e 1962. Na sua antiga cela, um documentário recorda a força do combate de toda uma vida.

Por fim, na zona de Sandton, nos arredores de Joanesburgo, poderá admirar a enorme estátua de Nelson Mandela e acompanhar o líder sul-africano esboçando um passo de dança.

Nos arredores de Joanesburgo, as 'townships' revelam os seus segredos

A alguns quilómetros de Joanesburgo, visite três locais que marcaram o percurso de vida de Nelson Mandela.

Na sua casa, em Alexandra, subúrbio situado a norte de Joanesburgo, irá descobrir as modestas condições de vida do jovem militante à sua chegada à capital económica, com 22 anos de idade.

No subúrbio de Soweto, a oeste da metrópole, ficará a conhecer o quotidiano de Mandela a partir de 1946 ao visitar a casa de família onde Mandela viveu com a sua segunda mulher, Winnie, e os filhos de ambos.

Quanto ao período de luta armada de Madiba no seio do ANC, poderá revivê-lo na zona de Rivonia, na quinta de Lilliesleaf, onde permaneceu escondido por alguns meses entre 1961 e 1962. Este museu, situado a norte de Joanesburgo, espelha toda a história dos combatentes anti-apartheid do ANC através de apresentações interativas e audiovisuais.

A caminho da emblemática Cidade do Cabo

Após percorrer os arredores de Joanesburgo, siga para sul a fim de apreciar as magníficas paisagens do país, fazendo paragens em locais repletos de emoção.

Primeira etapa no Kwazulu-Natal, reviva a detenção de Madiba em 1962 no Nelson Mandela Capture Site em Howick. Este local, onde foi detido após ter passado 17 meses em fuga ao governo do apartheid, alberga hoje um magnífico monumento comemorativo. Ao distanciar-se desta bela escultura, um alinhamento de 50 hastes metálicas, descobrirá um impressionante retrato de Mandela.

Mais a sul, entre Durban e Port Elizabeth, poderá iniciar uma peregrinação pelos locais que marcaram a infância de Madiba: Mvezo, onde nasceu, e que conta com um museu ao ar livre e Qunu, onde cresceu, e onde se encontra o Nelson Mandela Youth & Heritage Centre. Junto a essas duas localidades, em Mthatha, não perca o Museu Nelson Mandela que se encontra no edifício Bhunga: uma retrospetiva detalhada sobre a vida de Madiba.

Na terceira etapa no sul, não deixe de visitar a Donkin Reserve, em Port Elizabeth, para apreciar as magníficas vistas e a espetacular estátua Voting Line (“fila para votar”). Poderá admirar as estátuas de pessoas, em tamanho real, fazendo fila para votar por ocasião das eleições presidenciais de 1994. No final dessa longa fila descobrirá o vencedor histórico: Nelson Mandela.

Por fim, termine a sua viagem no destino mais emocionante, no extremo sul de África. Ao largo do Cabo, poderá reviver as condições extremas de encarceramento de Nelson Mandela durante os 18 anos que passou na minúscula cela da prisão de Robben Island. Assim como a UNESCO, que classificou este local como património mundial, poderá louvar o "triunfo do espírito humano" representado por Madiba, símbolo de um país com um legado fascinante.

Mais sobre mundo