Última hora

Última hora

França autoriza medicamento à base de canábis

Em leitura:

França autoriza medicamento à base de canábis

Tamanho do texto Aa Aa

O Ministério da Saúde francês anunciou esta quinta-feira a autorização de comercialização de um medicamento à base de canábis, o Sativex. Este produto, que vai poder ser introduzido no mercado a partir de 2015, será o primeiro medicamento à base de canábis a ser vendido nas farmácias de França.

O Sativex é um spray bucal. A indicação terapêutica do produto vai ser extremamente limitada, estando prevista a sua prescrição apenas a pacientes vítimas de esclerose múltipla, para aliviar os espasmos normalmente resistentes a outros tratamentos. A tutela francesa da Saúde frisou que a prescrição estará reservada aos neurologistas e médicos fisioterapeutas hospitalares.

A autorização de prescrição emitida pela agência francesa responsável pelo controle de segurança dos medicamentos foi concedida depois de terem sido analisados os resultados de estudos clínicos e a eficiência do produto. A validade de cada via da receita vai ser de seis meses. Como em França os medicamentos à base de estupefacientes não podem ser receitados por mais de 28 dias, os médicos generalistas serão autorizados a fazer renovação de receitas entre duas consultas. Tal como acontece com os medicamentos à base de opiáceos, as farmácias francesas deverão manter o Sativex encerrado em cofres.

A decisão da tutela foi acolhida com alívio pelo presidente do laboratório Almirall, responsável pela distribuição do Sativex noutros países, Christophe Vandeputte, que reconheceu tratar-se de um dossier delicado e sublinhou que esta é uma boa notícia para os pacientes franceses.

A permissão de comercialização de medicamentos à base de canábis havia sido defendida pela ministra da Saúde francesa Marisol Touraine, que em junho de 2013 assinara o decreto que autorizou a agência sanitária a avançar com o estudo dos dossiers que pediam a comercialização do produto.