Última hora

Última hora

Qual o papel da primeira-dama?

Em leitura:

Qual o papel da primeira-dama?

Tamanho do texto Aa Aa

Cécile, Toulouse, França: “Nas últimas semanas, o papel da primeira-dama de França tem sido muito debatido. Então qual é realmente o estatuto oficial de uma pessoa que partilha a vida de um presidente da República ou de Primeiro-Ministro no resto do mundo?”

Christian Delporte, Professor de História Contemporânea: “A primeira-dama não tem um estatuto especial em França, no que toca ao estatuto institucional ou constitucional.
Não tem um salário ou escritório oficial no Eliseu.

No entanto, há algum tempo que a primeira-dama de França tem um lugar no protocolo como é a anfitriã do Palácio do Eliseu e acompanha o presidente quando ele viaja para o estrangeiro ou frequenta cerimónias e cimeiras internacionais.

O seu papel relaciona-se tanto a uma tradição monárquica francesa adaptada à situação da República e também a uma imitação do modelo norte-americano, o termo “primeira-dama” em si é emprestado do vocabulário americano. Acho que isso é particularmente evidente, porque tanto França como nos Estados Unidos, o presidente é a figura política mais poderosa do Estado, o que não é o caso na maioria das democracias.

Desde 1970, tem havido um esforço para dar uma função à primeira-dama que justificaria a sua presença no Eliseu. Ao colocar a primeira-dama na frente, espera-se que humanize a imagem do presidente, que nutra a ligação emocional e a identificação dos franceses com seu marido ou o seu parceiro.
Em França, pode-se dizer que o papel da primeira-dama é menos forte do que nos EUA.

Para os franceses, não seria concebível que a primeira-dama aconselhasse o presidente sobre uma grande reforma política como Hillary Clinton fez no seu tempo sobre a reforma do sistema de saúde, quando Bill Clinton era presidente dos EUA.

No entanto, o papel da primeira-dama de França é muito mais forte do que em quaisquer outros países europeus onde os cônjuges dos líderes permanecem muito discretos e muitas vezes continuam a suas carreiras, como se nada tivesse acontecido.
Por exemplo Joachim Sauer, marido de Angela Merkel, é conhecido pela discrição.

Em suma, diria que entre os Estados Unidos e a Alemanha, França oferece um modelo de primeira-dama intermédio”.

Se também gostaria de fazer uma pergunta em U-talk, clique no botão abaixo.