Última hora

Última hora

"Europe Weekly": acordo sobre gás e adeus a Barroso em destaque

Em leitura:

"Europe Weekly": acordo sobre gás e adeus a Barroso em destaque

Tamanho do texto Aa Aa

Nesta edição do “Europe Weekly” destacamos, entre outros temas, a estratégia europeia contra o Ébola, os últimos dias da presidência Barroso na Comissão Europeia e mais uma homenagem às vítimas da Primeira Guerra Mundial.

Mas um tema incontornável é a taxa inédita sobre a utilização da Internet, inscrita no orçamento da Hungria para 2015. O primeiro-ministro decidiu suspender a medida, sexta-feira, alguns dias após o maior protesto popular no país desde que o Partido Fidesz chegou ao poder, em 2010.

Noutra frente, depois de sete rondas de negociação, Bruxelas conseguiu mediar um acordo com a Rússia e a Ucrânia sobre o fornecimento de gás. O pacote no valor de 3,6 mil milhões de euros assegura o fornecimento de gás durante o inverno à Ucrânia, bem como a muitos países da União Europeia.

O comissário europeu indigitado para a Ajuda Humanitária vai começar o mandato com uma visita aos países afetados pelo Ébola. Mas antes de partir, aquele que é também o novo coordenado europeu contra a epidemia, deu detalhes sobre a estratégia a seguir.

A cidade belga de Ypres voltou a receber altos dignitários no âmbito das comemorações do centenário da Primeira Guerra Mundial. A chanceler alemã foi a convidada de honra numa homenagem aos milhares de vítimas de uma das mais sangrentas batalhas do século 20.

José Manuel Barroso deixa o edifício Berlaymont ao fim de dez anos e, tal como os antecessores, tem direito a um retrato na galeria dos líderes do executivo europeu.

Uma década como presidente da Comissão Europeia significa, naturalmente, muitos altos e baixos nas relações com os vários chefes de Estado e de Governo. Mas nos últimos dias do mandato, Barroso teve de lidar com um primeiro-ministro britânico particularmente enfurecido.