Última hora

Última hora

Roménia lembra vítimas e celebra revolução de há 25 anos

A Roménia comemora esta semana os 25 anos sobre o início da revolução anticomunista, que lançou o país da ditadura para a democracia. Em nome dessa

Em leitura:

Roménia lembra vítimas e celebra revolução de há 25 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A Roménia comemora esta semana os 25 anos sobre o início da revolução anticomunista, que lançou o país da ditadura para a democracia. Em nome dessa mudança, mais de 1600 pessoas morreram e esta quarta-feira foram lembrados.

A primeira vítima caiu em Timisoara, cidade de tradição austro-húngara no noroeste da Roménia de onde despontou a revolução, liderada pelo padre evangélico Lazlo Tökes. Em poucos dias, a rebelião anticomunista estendeu-se a todo o país, incluindo Bucareste.

Na capital romena, foram detidos a 22 de dezembro de 1989 o ditador Nicolae Ceausescu e a mulher, Elena. Três dias depois, o casal seria executado e a Roménia partia para um novo capítulo da sua história.