Última hora

Última hora

Rússia: Inimigo número 1 de Putin condenado a três anos e meio de prisão

O conhecido bloguista e opositor russo, Alexei Navalny, foi condenado, esta terça-feira, a três anos e meio de prisão, com pena suspensa por desvio

Em leitura:

Rússia: Inimigo número 1 de Putin condenado a três anos e meio de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

O conhecido bloguista e opositor russo, Alexei Navalny, foi condenado, esta terça-feira, a três anos e meio de prisão, com pena suspensa por desvio de dinheiro.

A leitura de sentença estava, inicialmente, agendada para meados de janeiro de 2015 mas foi antecipada para impedir que os apoiantes protestassem contra o seu julgamento, que consideram político.

Navalny ficou conhecido por denunciar, num blogue, a corrupção das elites russas e era, até há pouco tempo, considerado o “inimigo político número um” pelo Presidente russo, Vladimir Putin.

Alexei foi perseguido, juntamente com o irmão Oleg, no âmbito de um caso de desvio de cerca de 410 mil euros, entre 2008 e 2012, de uma filial da empresa francesa Yves Rocher. O bloguista encontrava-se em prisão domiciliária, o irmão Oleg foi condenado a três anos e meio de prisão efetiva.

Os apoiantes de Alexei Navalny prometem realizar um protesto, esta noite, numa praça perto do Kremlin. O repto foi lançado nas redes sociais.

A banda de intervenção “Pussy Riot” divulgou, na internet, um vídeo de apoio ao bloguista onde aparecem a varrer neve, em frente ao Kremlin, um ato simbólico de limpeza, uma referência à campanha anticorrupção encetada por Navalny.