Última hora

Última hora

Conselho de Segurança condena ataque contra palácio presidencial no Iémen

O Conselho de Segurança da ONU condenou os ataques do movimento xiita Ansaruallah no Iémen e manifestou apoio ao presidente Abd-Rabuh Mansur Hadi

Em leitura:

Conselho de Segurança condena ataque contra palácio presidencial no Iémen

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança da ONU condenou os ataques do movimento xiita Ansaruallah no Iémen e manifestou apoio ao presidente Abd-Rabuh Mansur Hadi, grande aliado dos Estados Unidos na luta contra a Al-Qaeda.

Depois de uma reunião extraordinária, o orgão das Nações Unidas exigiu um cessar-fogo imediato e um regresso ao diálogo entre os rebeldes huthis e o poder.

O embaixador chileno na ONU frisou que “os membros do Conselho de Segurança apelam a todas as partes no Iémen para resolverem as divergências através do diálogo, rejeitando atos de violência para obter objetivos políticos, e para se absterem de provocações”.

Os combatentes huthis do movimento xiita assumiram o controlo do palácio presidencial, em Saná, e atacaram também a residência do chefe de Estado.

A informação divulgada pela televisão iemenita de que as autoridades ordenaram o bloqueio de todos os acessos à principal cidade do sul do país, Aden, fez crescer os rumores de que o presidente poderá estar aí refugiado.