Última hora
This content is not available in your region

Conselho de Segurança condena ataque contra palácio presidencial no Iémen

Conselho de Segurança condena ataque contra palácio presidencial no Iémen
Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança da ONU condenou os ataques do movimento xiita Ansaruallah no Iémen e manifestou apoio ao presidente Abd-Rabuh Mansur Hadi, grande aliado dos Estados Unidos na luta contra a Al-Qaeda.

Depois de uma reunião extraordinária, o orgão das Nações Unidas exigiu um cessar-fogo imediato e um regresso ao diálogo entre os rebeldes huthis e o poder.

O embaixador chileno na ONU frisou que “os membros do Conselho de Segurança apelam a todas as partes no Iémen para resolverem as divergências através do diálogo, rejeitando atos de violência para obter objetivos políticos, e para se absterem de provocações”.

Os combatentes huthis do movimento xiita assumiram o controlo do palácio presidencial, em Saná, e atacaram também a residência do chefe de Estado.

A informação divulgada pela televisão iemenita de que as autoridades ordenaram o bloqueio de todos os acessos à principal cidade do sul do país, Aden, fez crescer os rumores de que o presidente poderá estar aí refugiado.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.