Última hora

Última hora

Sergio Mattarella, um homem íntegro na presidência da Itália

Em leitura:

Sergio Mattarella, um homem íntegro na presidência da Itália

Sergio Mattarella, um homem íntegro na presidência da Itália
Tamanho do texto Aa Aa

Na véspera da tomada de posse, que terá lugar esta terça-feira, o novo presidente da Itália, Sergio Mattarella, encontrou-se com o seu predecessor Giorgio Napolitano, que renunciou há duas semanas por causa da idade e do estado de saúde.

O juíz siciliano de 73 anos foi eleito com 665 votos a favor, na quarta votação no Parlamento, em que apenas necessitava de uma maioria absoluta de 505 votos.

Mattarella era o candidato apoiado pelo primeiro-ministro Matteo Renzi, que não poupou elogios ao novo presidente:

“Considero-o um cavalheiro, uma pessoa respeitável, que combateu contra injustiças, contra a Mafia. Foi deputado, ministro, juíz do Tribunal Constitucional. Foi capaz de renunciar em nome de princípios que defendia – um ideal vale mais do que um assento no poder”.

Nos anos 90, Sergio Mattarella demitiu-se do seu posto de ministro da Educação, para protestar contra um decreto lei favorável ao império mediático de Silvio Berlusconi.

Ao escolher este democrata-cristão que se opôs várias vezes a Silvio Berlusconi, Renzi consolida a sua posição na cena política nacional e na liderança do Partido Democrata.