Última hora

Última hora

Bombardeamentos no leste da Ucrânia provocam a morte de civis

Pelo menos oito civis morreram e 14 ficaram feridos, nas últimas horas, na região de Donetsk, no leste da Ucrânia. A zona que se encontra sob

Em leitura:

Bombardeamentos no leste da Ucrânia provocam a morte de civis

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos oito civis morreram e 14 ficaram feridos, nas últimas horas, na região de Donetsk, no leste da Ucrânia.

A zona que se encontra sob controlo das forças pró-russas está a ser palco de violentos confrontos. Kiev que anunciou, entretanto, ter abatido 70 rebeldes e destruído tanques e armas utilizados pelos separatistas não esconde as dificuldades

Volodymyr Polyovy, porta-voz do exército ucraniano explica que há um número crescente de tanques, armas e munições a entrar na Ucrânia através da fronteira com a Rússia. Zonas que escapam ao controlo do exército e que estão a ser utilizadas para abastecer os rebeldes.”

Os esforços diplomáticos para evitar uma guerra com a Rússia prosseguem, mas nem todos olham com bons olhos para a iniciativa franco-alemã.

Um separatista pró-russo fala de um plano de paz “inútil e desnecessário” já que apenas beneficia Kiev. Nega, ainda, que existam soldados russos a combater no leste da Ucrânia e justifica o uso de um uniforme russo com o facto de não ter outro.

Os analistas acreditam que as conversações agendadas para amanhã entre Angela Merkel e Barack Obama, em Washington, podem ser decisivas para o sucesso da proposta de paz.