Última hora

Última hora

Hong Kong: Condenada a 6 anos de prisão por torturar doméstica indonésia

Os tribunais de Hong Kong pronunciaram esta sexta-feira, uma das sentenças mais duras por maus tratos sobre uma doméstica indonésia. Os juízes

Em leitura:

Hong Kong: Condenada a 6 anos de prisão por torturar doméstica indonésia

Tamanho do texto Aa Aa

Os tribunais de Hong Kong pronunciaram esta sexta-feira, uma das sentenças mais duras por maus tratos sobre uma doméstica indonésia.

Os juízes condenaram a seis anos de prisão uma mãe de dois filhos por torturar, intimidar e explorar uma empregada durante seis meses.

Uma decisão festejada pelas associações que se batem pelos direitos das mais de 300 mil domésticas estrangeiras que trabalham na região.

“O que acontece é que os abusos vão continuar a ocorrer, mesmo depois desta vitória nos tribunais, pois as políticas de discriminação prosseguem”, afirma uma empregada filipina.

Desde o início de janeiro, que o caso dos maus tratos sobre a empregada de 23 anos choca a opinião pública da antiga colónia britânica.

A patroa da jovem foi condenada por 18 acusações incluindo, violência física, intimidação e não pagamento de salários, assim como tentativa de fuga depois do caso ter sido revelado pela imprensa local.

O caso põe a descoberto a situação precária dos trabalhadores imigrantes em Hong Kong, com salários inferiores a 500 euros, um dia livre por semana, e uma viagem paga ao país natal a cada dois anos.