Última hora

Última hora

Tsarnaev começou a ser julgado pelo duplo atentado de Boston

Boston reabriu hoje a profunda ferida do duplo atentado de 2013. Às 14 horas – hora de Lisboa – teve início, no tribunal federal John Joseph Moakley

Em leitura:

Tsarnaev começou a ser julgado pelo duplo atentado de Boston

Tamanho do texto Aa Aa

Boston reabriu hoje a profunda ferida do duplo atentado de 2013.

Às 14 horas – hora de Lisboa – teve início, no tribunal federal John Joseph Moakley, o julgamento de Djokhar Tsarnaev, único suspeito ainda em vida do ataque junto à meta da maratona de Boston.

A explosão de duas bombas artesanais, a 15 de abril de 2013, fez três mortos – entre os quais uma criança de oito anos – e 264 feridos, muitos em estado grave.

O duplo atentado constitui o mais grave ataque em solo norte-americano desde o 11 de setembro de 2001.

A acusação pede a pena de morte para Djokhar, mas a questão está longe de ser consensual.

Uma residente de Boston diz que “foi terrível o que aconteceu e ele deve ser considerado culpado. Deve passar a vida na prisão, para pensar no que fez, se tem algum tipo de consciência”. E afirma acreditar “que a Justiça será servida”.

Outro diz que “sente [empatia] pelas pessoas que voltam a sofrer hoje, pelas famílias dos que perderam entes queridos e dos que se encontram em cadeiras de rodas”. E afirma ter a “certeza” de que Tsarnaev é “o culpado”.

Djokhar declarou-se não culpado das trinta acusações de que é alvo, entre as quais uso de uma arma de destruição maciça e assassinato de um polícia, juntamente com o irmão, que foi morto durante a tentativa de fuga.