This content is not available in your region

Manifestantes contra a austeridade solidários com a Grécia

Access to the comments Comentários
De  Fernando Peneda  com Lusa/Reuters/AFP
Manifestantes contra a austeridade solidários com a Grécia

<p>Para o porta-voz do Governo grego, as manifestações realizadas sábado em várias capitais europeias deixaram a mensagem clara de que “a austeridade não pode continuar”.</p> <p>Em Paris e Berlim os manifestantes mostraram solidariedade com a Grécia, onde o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, se reuniu com a sua equipa económica para “discutir o plano de ação” do Governo grego para o Eurogrupo e para a Cimeira de chefes de Estado e de Governo da zona euro, que se realizam na segunda-feira.</p> <p>Entretanto, num artigo publicado este domingo num jornal alemão, o ministro grego das Finanças Yanis Varoufakis diz que o seu país está preparado para seguir em frente desde que não lhe seja pedido para fazer o mesmo que foi pedido aos governos anteriores. Na mesma coluna Varoufakis refere que a difícil escolha de aceitar um acordo está nas mãos de Angela Merkel. </p> <p>“Eu gostava muito que houvesse um acordo, mas os europeus têm de deixar de nos chantagear. Somos uma Nação decente. Atravessamos tempos muito difíceis e não sei porque nos fazem isto”, disse uma cidadã grega.</p> <p>A 30 de junho termina o atual programa de assistência à Grécia e é a data limite para Atenas pagar ao Fundo Monetário Internacional 1,6 mil milhões de euros.</p>