Última hora

Última hora

Europa varrida por vaga de calor

Uma massa de ar quente proveniente do norte de África está a provocar uma vaga de calor na Europa que começou por varrer Espanha e Portugal, mas que

Em leitura:

Europa varrida por vaga de calor

Tamanho do texto Aa Aa

Uma massa de ar quente proveniente do norte de África está a provocar uma vaga de calor na Europa que começou por varrer Espanha e Portugal, mas que segundo as previsões meteorológicas se estenderá a França, Reino Unido, Bélgica, Holanda e norte de Itália.

Os países nórdicos também não serão poupados. Na Suécia, Dinamarca, Noruega e Finlândia são esperadas temperaturas entre os 25 – 30°c.

Em Milão e em Roma as temperaturas durante a noite de segunda para terça-feira já foram bastante elevadas, situando-se na casa dos 20° c.

Em Córdoba e em Sevilha registaram-se temperaturas de 47° e 43°, respetivamente.

“É muito mau. Não se dorme. Aqui em Sevilha, com este calor e sem ar condicionado, não se pode dormir. É impossível”, disse uma mulher.

Na região de Paris é esperado um episódio de poluição por ozono pelo que foi recomendado aos automobilistas para alterarem os horários de circulação e reduzir a velocidade.

“É necessário um pouco de preparação. Estar bem hidratado, sair um pouco mais tarde à noite, ou então guardar todas as atividades para de manhã cedo e evitar as horas quentes do meio-dia”, afirmou um parisiense.

Em todos os países atingidos pelo calor estão a ser lançados alertas e conselhos para que as pessoas se protejam das altas temperaturas, especialmente as crianças e os idosos, os mais frágeis.