Última hora

Última hora

Não acaba bem para o Fluminense a apresentação de Ronaldinho Gaúcho

Jogador foi apresentado antes da receção ao penúltimo classificado e com a liderança no "Brasileirão" à vista. No final do jogo, o "Flu" ficou em terceiro...

Em leitura:

Não acaba bem para o Fluminense a apresentação de Ronaldinho Gaúcho

Tamanho do texto Aa Aa

Ronaldinho Gaúcho voltou a ser ovacionado este domingo no Maracanã, mas desta feita foi mesmo pela torcida da casa. Ainda assim, não foi com felicidade que os adeptos do Fluminense deixaram horas depois o mítico estádio onde R10 já brilhou, em especial com a camisola da seleção “canarinha.”


A apresentação aconteceu minutos antes da receção do “Flu” ao Vasco da Gama, equipa que também estava interessada na contratação de R10.

Uma vitória sobre o penúltimo classificado teria permitido ao “tricolor carioca” a subida ao primeiro lugar do “Brasileirão”, mas os “vascaínos” foram mais felizes e venceram (1-2).


O líder continua, assim, a ser o Atlético Mineiro, equipa que Ronaldinho deixou há quase um ano para ir representar os mexicanos do Querétaro.



O “galo” perdeu na visita ao Corinthians (1-0) e ficou à mercê do “Flu”. Só que o efeito R10 ainda não resultou, o “tricolor” perdeu, falhou a liderança e ainda caiu para o terceiro lugar, ultrapassado inclusive pelo “Timão.”

R10 a “tremer” perante a “torcida”

Com o campeonato brasileiro a meio, nada está ainda perdido. Após nove meses, 29 jogos e oito golos pelo Querétaro, Ronaldinho Gaúcho anunciou o ingresso no Fluminense a 11 de julho, foi apresentado este domingo, mas vai manter-se de férias pelo menos até dia 27, falhando assim, a visita ao Chapecoense no próximo fim de semana. A estreia na receção ao Grémio, a 1 de agosto, está por confirmar.

Campeão Gaúcho (Grémio, 1999), Carioca (Flamengo, 2011) e Mineiro (Atlético, 2013), Ronaldinho volta a ter agora em vista, aos 35 anos, o primeiro título pessoal no Brasileirão. “Chego muito motivado e muito feliz com esta expectativa de poder fazer história neste grande clube. O objetivo é esse. Agora, vou trabalhar duro para poder fazer história”, afirmou R10, numa conferência de imprensa em que admitiu ter ficado com “as pernas a tremer” ao ver o “estádio lindo” para o receber — “Estou feliz de ver o estádio cheio e perceber quanto o clube é grande. Isso motiva-me ainda mais.”