Última hora

Última hora

Centenas de imigrantes ilegais chegam a Itália e à Grécia

A marinha militar italiana resgatou, nas últimas horas, um grupo de 173 imigrantes das águas do Mar Mediterrâneo. Os migrantes estavam em dois barcos

Em leitura:

Centenas de imigrantes ilegais chegam a Itália e à Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

A marinha militar italiana resgatou, nas últimas horas, um grupo de 173 imigrantes das águas do Mar Mediterrâneo.

Os migrantes estavam em dois barcos insufláveis nas águas do Canal da Sicília com destino a Itália.

A marinha italiana informou ter ainda resgatado duas pessoas, na sequência do naufrágio da segunda lancha, onde terão morrido pelo menos meia centena de pessoas.

As autoridades italianas afirmam que foram resgatadas do Mediterrâneo mais de 1500 imigrantes nas últimas 24 horas.

Os imigrantes foram submetidos a exames médicos, a bordo dos navios da marinha e devem chegar a Lampedusa esta quarta-feira.

Na Grécia a situação continua alarmante, com centenas de imigrantes a chegarem às praias das ilhas gregas, vindos da Turquia, em busca de uma vida melhor na Europa.

De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, 124 mil imigrantes ilegais desembarcaram na Grécia nos sete primeiros meses de 2015.

Só em julho, chegaram 50 mil pessoas vindas da Síria, Afeganistão, Iraque, Eritreia e outros países, mais do que todos que entraram no território grego em 2014.

O governo de Atenas anunciou que pretende criar, até ao final do ano, 2 500 locais para alojar imigrantes ilegais.

A situação mostra-se preocupante. Na terça-feira, a polícia grega recorreu a gás lacrimogéneo e a bastonadas, na ilha de Kos, quando um grupo de imigrantes reclamava por comida e maior agilidade nos processos burocráticos de admissão.