Última hora

Em leitura:

Israel ataca posições militares sírias nos Golã


Israel

Israel ataca posições militares sírias nos Golã

Pelo menos cinco civis foram mortos na sexta-feira num ataque israelita na província síria de Qouneitra, na reagião não anexada dos montes Golã, de acordo com a televisão estatal síria.
A aviação isarelita terá visado um carro no qual viajavam “cinco civis não armados”, segundo o correspondente da televisão síria em Qouneitra.

Entretanto o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH) informou que os ataques israelitas de quinta-feira na mesma província mataram dois membros das milícias fiéis ao regime sírio.

Israel atingiu na quinta-feira, com artilharia e ataques aéreos, posições militares sírias nos montes Golã, na zona de fronteira com o Líbano, Israel e a Jordânia.

Segundo fontes no exército israelita, a operação foi uma resposta ao lançamento de quatro foguetes do lado sírio contra o norte de Israel.

De acordo com a mesma fonte militar israelita, por volta das 17.35 locais de quinta-feira (15.35 de Lisboa), foram disparados quatro foguetes do território sírio contra Israel, tendo dois caído em Golã e dois na Galileia.

As Forças de Defesa de Israel consideram que o ataque foi intencional e atribuem a responsabilidade ao grupo armado palestiniano Jihad Islâmico, apoiado pelo Irão, mas a organização já negou estar envolvida.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Coreia do Norte em estado de "guerra iminente"