Última hora

Última hora

Seul continua emissões nos altifalantes até Pyongyang pedir desculpas

A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, garante que o braço de ferro com a Coreia do Norte vai continuar caso Pyongyang não apresente desculpas

Em leitura:

Seul continua emissões nos altifalantes até Pyongyang pedir desculpas

Tamanho do texto Aa Aa

A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, garante que o braço de ferro com a Coreia do Norte vai continuar caso Pyongyang não apresente desculpas formais. Na origem do mais recente incidente entre os dois países está a deflagração de minas na zona desmilitarizada, que atingiu dois soldados sul-coreanos, num episódio que gerou uma troca de tiros entre ambas as partes.

Nas palavras da chefe de Estado, “é necessário um pedido de desculpas claro, de forma a evitar que estas provocações se repitam e que a situação fique ainda mais tensa. Caso contrário, o governo sul-coreano vai tomar as medidas adequadas e prosseguir as emissões através dos altifalantes.”

Desde que os militares ficaram feridos, Seul retomou a propaganda na fronteira, através de altifalantes gigantes virados para o país vizinho, algo que já não acontecia há 11 anos.

No passado sábado, foi iniciada uma ronda negocial para tentar refrear os ânimos. As conversações decorrem em Panmunjom, uma localidade simbólica uma vez que foi onde se assinou o cessar-fogo na década de 50.

Pyongyang já tentou destruir os altifalantes e acusa Seul de levar a cabo uma “guerra psicológica” que pode gerar represálias militares.