Última hora

Última hora

Condutores e investidores abrem processos contra fraude da Volkswagen

O escândalo dos motores a gasóleo da Volkswagen custou já à companhia mais de 30 mil milhões de euros de perdas na bolsa. A estimativa é avançada

Em leitura:

Condutores e investidores abrem processos contra fraude da Volkswagen

Tamanho do texto Aa Aa

O escândalo dos motores a gasóleo da Volkswagen custou já à companhia mais de 30 mil milhões de euros de perdas na bolsa.

A estimativa é avançada pela imprensa alemã, quando o construtor se prepara para anunciar até dia 7 um plano para corrigir as emissões poluentes fraudulentas que afetam mais de 11 milhões de viaturas.

Em paralelo, vários automobilistas e mesmo investidores abriram processos contra a empresa.

Em França, quatro condutores acusam a companhia de fraude agravada.

“O risco é antes de mais financeiro. Primeiro o de saber se conseguirei vender o carro e segundo, se fico com ele, será que vou poder continuar a utilizá-lo”.

Na Alemanha, um investidor reclama mais de 20 mil euros de indemnização na sequência da queda da ação da Volkswagen, que perdeu mais quase cinco pontos esta sexta-feira.

A Suíça decidiu entretanto proibir a importação de todos os modelos fabricados pela marca entre 2009 e 2014.

Os responsáveis da empresa vão comparecer frente a uma comissão de investigação do Senado norte-americano, no próximo dia 8 de outubro, quando Washington anuncia novas inspeções a 28 motores a gasóleo de outras companhias alemãs como a BMW ou a Mercedes Benz.