Última hora

Última hora

Palestiniana agride agente de segurança israelita

Uma mulher palestiniana agrediu este domingo um agente de segurança israelita à entrada do colonato de Beitar Illit – a versão dos acontecimentos é

Em leitura:

Palestiniana agride agente de segurança israelita

Tamanho do texto Aa Aa

Uma mulher palestiniana agrediu este domingo um agente de segurança israelita à entrada do colonato de Beitar Illit – a versão dos acontecimentos é das autoridades israelitas, que divulgaram as imagens.

O segurança terá sido ligeiramente ferido, a mulher foi abatida.

Outro palestiniano foi morto a tiro, também na Cisjordânia, depois de ter atropelado um grupo de israelitas num posto de controlo, ferindo quatro, segundo a polícia israelita.

Seis israelitas foram feridos este domingo, atacados por palestinianos.

Ao princípio da tarde, um colono israelita foi gravemente ferido por dois palestinianos que se puseram em fuga. O colono conseguiu pegar no carro e alcançar um posto de controlo israelita, de acordo com o ministério da defesa israelita.

Este novo ciclo de ataques e confrontos nos territórios palestinianos e em Israel, provocaram, desde o início de outubro, a morte de 74 palestinianos e nove israelitas.

A comunidade internacional e a ONU multiplicam apelos à contenção e ao regresso às negociações suspensas há mais de um ano, exortando palestinianos e israelitas a parar o derramamento de sangue.

O primeiro ministro israelita Benjamin Netanyahu vai encontrar na segunda-feira o presidente americano Barack Obama.

Israel recebe anualmente dos Estados Unidos mais de três mil milhões de dólares para projetos de defesa, mas o governo de Netanyahu quer que esta quantia seja aumentada para cinco mil milhões anuais nos próximos 10 anos.

Reunido com o seu gabinete antes de partir este domingo para Washington,Netanyahu evocou as negociações sobre um Estado palestiniano, paralisadas desde meados de 2014, em consequência das divergências sobre os colonatos na Cisjordânia e o estatuto de Jerusalém e do território de Gaza controlado pelo Hamas.