Palestiniana agride agente de segurança israelita

Palestiniana agride agente de segurança israelita
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma mulher palestiniana agrediu este domingo um agente de segurança israelita à entrada do colonato de Beitar Illit – a versão dos acontecimentos é

PUBLICIDADE

Uma mulher palestiniana agrediu este domingo um agente de segurança israelita à entrada do colonato de Beitar Illit – a versão dos acontecimentos é das autoridades israelitas, que divulgaram as imagens.

O segurança terá sido ligeiramente ferido, a mulher foi abatida.

Outro palestiniano foi morto a tiro, também na Cisjordânia, depois de ter atropelado um grupo de israelitas num posto de controlo, ferindo quatro, segundo a polícia israelita.

Seis israelitas foram feridos este domingo, atacados por palestinianos.

Ao princípio da tarde, um colono israelita foi gravemente ferido por dois palestinianos que se puseram em fuga. O colono conseguiu pegar no carro e alcançar um posto de controlo israelita, de acordo com o ministério da defesa israelita.

Este novo ciclo de ataques e confrontos nos territórios palestinianos e em Israel, provocaram, desde o início de outubro, a morte de 74 palestinianos e nove israelitas.

A comunidade internacional e a ONU multiplicam apelos à contenção e ao regresso às negociações suspensas há mais de um ano, exortando palestinianos e israelitas a parar o derramamento de sangue.

O primeiro ministro israelita Benjamin Netanyahu vai encontrar na segunda-feira o presidente americano Barack Obama.

Israel recebe anualmente dos Estados Unidos mais de três mil milhões de dólares para projetos de defesa, mas o governo de Netanyahu quer que esta quantia seja aumentada para cinco mil milhões anuais nos próximos 10 anos.

Reunido com o seu gabinete antes de partir este domingo para Washington,Netanyahu evocou as negociações sobre um Estado palestiniano, paralisadas desde meados de 2014, em consequência das divergências sobre os colonatos na Cisjordânia e o estatuto de Jerusalém e do território de Gaza controlado pelo Hamas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Segundo maior hospital de Gaza não está operacional. Israel quer reféns libertados até ao Ramadão

Israel diz ter descoberto túneis do Hamas debaixo da sede da UNRWA

Israel acolhe banda russa anti-Kremlin expulsa da Tailândia