Última hora

Última hora

Arménia: vitória contestada do "Sim" pela passagem a regime parlamentar

Os arménios votaram maioritariamente este domingo a favor da transição para uma república parlamentar, tranferindo o poder executivo para o

Em leitura:

Arménia: vitória contestada do "Sim" pela passagem a regime parlamentar

Tamanho do texto Aa Aa

Os arménios votaram maioritariamente este domingo a favor da transição para uma república parlamentar, tranferindo o poder executivo para o primeiro-ministro e o governo.

A oposição denuncia a reforma constitucional como uma manobra do presidente Serge Sarkissian para se manter no poder, no fim do segundo mandato – e último permitido pela Constituição -, passando do cargo de chefe de Estado para chefe do executivo com uma esperada vitória do seu partido nas próximas legislativas.

Segundo a Comissão Eleitoral arménia, 63,35 por cento dos eleitores votaram pela reforma. A oposição denunciou irregularidades nas assembleias de voto e apelou à população para sair novamente à rua na capital para contestar o resultado do referendo. Na passada terça-feira, cerca de cinco mil pessoas manifestaram-se em Erevan contra o projeto de reforma constitucional.