This content is not available in your region

Turquia: Atentado atribuído ao EI visa pela primeira vez turistas em Istambul

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Turquia: Atentado atribuído ao EI visa pela primeira vez turistas em Istambul

<p>A Turquia voltou a ser palco de um atentado atribuído ao grupo Estado Islâmico, que visou pela primeira vez um grupo de turistas estrangeiros no centro de Istambul.</p> <p>Pelo menos oito alemães e um peruano faleceram depois de um bombista suicida ter deflagrado uma carga explosiva na zona turística de Sultanamet, no centro de Istambul.</p> <p>Uma testemunha do ataque afirma, “de repente vi uma grande explosão, como um terramoto que fez tremer o chão. Vi cadáveres e pessoas feridas deitadas no chão. Poucos minutos depois a polícia selou a área numa atmosfera de pânico”.</p> <p>O ataque, que não foi reivindicado, visou um grupo de turistas estrangeiros, provocando igualmente 15 feridos, dois dos quais se encontram em estado grave.</p> <p>Uma das vítimas hospitalizadas, um turista norueguês, afirma, “os médicos dizem que vou poder voltar a andar e isso é uma boa notícia”.</p> <p>A ação ocorreu às 10 horas locais numa zona frequentada diariamente por milhares de turistas estrangeiros em Istambul, entre a basílica de Santa Sofia e a mesquita azul.</p> <p>Segundo o primeiro-ministro turco, o atacante seria um homem de 28 anos de nacionalidade síria, nascido na Arábia Saudita e que teria entrado no país no início de Janeiro.</p> <p>“Apelo a toda a humanidade. Precisamos de reagir com solidariedade, com união face aos ataques de Ancara e de Istambul, como o fizémos após os atentados de Paris”, afirmou Ahmet Davutoglu à saída de uma reunião de emergência do executivo.</p> <p>As autoridades turcas tentam agora apurar se o ataque teria como objetivo cidadãos alemães, quando a maioria das vítimas mortais eram turistas do país.</p> <p>O ministro dos Negócios estrangeiros alemão desloca-se esta quarta-feira à Turquia, depois de Angela Merkel ter condenado o ataque:</p> <p>“Os terroristas são inimigos de todos os povos livres. São inimigos de toda a humanidade, quer estejam na Síria, Turquia, França ou Alemanha. É exatamente esta liberdade e a nossa determinação em combater estes terroristas, junto aos nossos aliados internacionais que vai prevalecer”, afirmou a Chanceler alemã.</p> <p>A Alemanha assim como outros países europeus emitiram alertas para que os seus turistas redobrem a precaução em locais públicos na Turquia, quando Berlim não exclui a possibilidade de novos ataques no país.</p> <p>O atentado de ontem é o quarto atribuído ao grupo Estado Islâmico desde junho, pouco depois de Ancara aliar-se à coligação militar que combate o grupo armado na vizinha Síria.</p>