Última hora

Última hora

Polícia da Indonésia mata suspeito de ligação ao autoproclamado Estado Islâmico

Uma pessoa morreu e outras duas foram detidas pela polícia indonésia durante os vários raides em busca de toda e qualquer informação sobre os autores

Em leitura:

Polícia da Indonésia mata suspeito de ligação ao autoproclamado Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Uma pessoa morreu e outras duas foram detidas pela polícia indonésia durante os vários raides em busca de toda e qualquer informação sobre os autores do ataque desta quinta-feira em Jacarta. As autoridades acreditam que os três indivíduos são apoiantes do autoproclamado Estado Islâmico, que reivindicou o ato terrorista. A polícia encontrou mesmo uma bandeira do grupo extremista. Mas ao que tudo indica, não estarão diretamente ligados ao atentado de Jacarta.

Os ataques de quinta-feira no centro da capital indonésia foram realizados por homens-bomba e atiradores. Sete pessoas morreram, cinco eram terroristas. Um deles, Afif Sunakim, foi visto com uma arma e uma mochila durante os ataques.

De acordo com a polícia, este atentado terá sido financiado pelo autoproclamado Estado Islâmico a partir da Síria.

Depois do ataque, a polícia da Indonésia foi colocada em alerta máximo. Algumas embaixadas em Jacarta estiveram fechadas esta sexta e a segurança foi reforçada na ilha de Bali, que atrai um grande número de turistas.