EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Polícia da Indonésia mata suspeito de ligação ao autoproclamado Estado Islâmico

Polícia da Indonésia mata suspeito de ligação ao autoproclamado Estado Islâmico
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Uma pessoa morreu e outras duas foram detidas pela polícia indonésia durante os vários raides em busca de toda e qualquer informação sobre os autores

PUBLICIDADE

Uma pessoa morreu e outras duas foram detidas pela polícia indonésia durante os vários raides em busca de toda e qualquer informação sobre os autores do ataque desta quinta-feira em Jacarta. As autoridades acreditam que os três indivíduos são apoiantes do autoproclamado Estado Islâmico, que reivindicou o ato terrorista. A polícia encontrou mesmo uma bandeira do grupo extremista. Mas ao que tudo indica, não estarão diretamente ligados ao atentado de Jacarta.

Os ataques de quinta-feira no centro da capital indonésia foram realizados por homens-bomba e atiradores. Sete pessoas morreram, cinco eram terroristas. Um deles, Afif Sunakim, foi visto com uma arma e uma mochila durante os ataques.

De acordo com a polícia, este atentado terá sido financiado pelo autoproclamado Estado Islâmico a partir da Síria.

Depois do ataque, a polícia da Indonésia foi colocada em alerta máximo. Algumas embaixadas em Jacarta estiveram fechadas esta sexta e a segurança foi reforçada na ilha de Bali, que atrai um grande número de turistas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Caça ao homem em França depois de emboscada a carrinha celular que matou dois guardas prisionais

Violência policial aumenta em Amsterdão durante protestos pró-Palestina

Autoridades dispersam protestos na Universidade de Columbia e fazem várias detenções