Última hora

Última hora

Grupo Estado Islâmico terá raptado 400 pessoas na Síria

O grupo Estado Islâmico terá raptado pelo menos 400 civis, durante um ataque a zonas controladas pelo governo sírio em Deir al-Zour (ou Deir Ezzor)

Em leitura:

Grupo Estado Islâmico terá raptado 400 pessoas na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo Estado Islâmico terá raptado pelo menos 400 civis, durante um ataque a zonas controladas pelo governo sírio em Deir al-Zour (ou Deir Ezzor). A informação está a ser avançada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A Agência de notícias estatal síria SANA, tinha avançado, horas antes, que foram mortas, pelo menos, 300 pessoas, incluindo crianças, não falando nos sequestros.

O governo sírio já condenou a matança que descreve como um “massacre horrendo contra residentes de Begayliya, em Deir al-Zour.

Em Raqqa, centro das operações dos extremistas, e segundo o mesmo Observatório, cerca de 40 civis morreram em ataques aéreos da coligação internacional.

O país vive uma grave crise humanitária. No ano passado terão morrido pessoas à fome, em Deir al-Zour, informação não confirmada. Este sábado a Rússia e o governo sírio enviaram, em conjunto, ajuda para as populações. Segundo as Nações Unidas, as condições de vida de 200 mil habitantes desta cidade estão a deteriorar-se rapidamente.