Última hora

Última hora

Ucrânia proíbe importação de mais produtos russos

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia tem uma guerra declarada no setor comercial. Kiev retaliou às sanções de Moscovo ao banir mais 70 produtos

Em leitura:

Ucrânia proíbe importação de mais produtos russos

Tamanho do texto Aa Aa

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia tem uma guerra declarada no setor comercial. Kiev retaliou às sanções de Moscovo ao banir mais 70 produtos russos, que se vão juntar à lista publicada no dia 10 de janeiro. Os ucranianos estão impedidos de importar do país vizinho carne de vaca e de porco, peixe, legumes, álcool, tabaco, chocolate e confeitaria. No início do ano a Rússia proibiu a importação de produtos agrícolas da Ucrânia.

Em Kiev, o primeiro-ministro ucraniano, Arseniy Yatsenyuk, sublinhou que estas medidas são uma reação à “agressão russa” e que “enquanto os soldados ucranianos guardam as fronteiras”, o governo vai “proteger o mercado interno” e os “interesses económicos” do país.

Moscovo também proibiu o trânsito de mercadorias ucranianas pela Rússia com destino à Ásia Central. Países como o Cazaquistão, o Azerbaijão ou a Arménia, absorvem quatro por cento das exportações agrícolas da Ucrânia. A interdição preocupa o governo de Kiev que no entanto não está a pensar retaliar com uma medida semelhante.

A correspondente da euronews em Kiev, Maria Korenyuk, explica que o governo já se queixou do embargo russo à Organização Mundial do Comércio (OMC) e espera que, pelo menos, a questão do trânsito de mercadorias seja discutida na próxima reunião do Conselho Geral da OMC, em fevereiro.