Ucrânia proíbe importação de mais produtos russos

Ucrânia proíbe importação de mais produtos russos
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia tem uma guerra declarada no setor comercial. Kiev retaliou às sanções de Moscovo ao banir mais 70 produtos

PUBLICIDADE

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia tem uma guerra declarada no setor comercial. Kiev retaliou às sanções de Moscovo ao banir mais 70 produtos russos, que se vão juntar à lista publicada no dia 10 de janeiro. Os ucranianos estão impedidos de importar do país vizinho carne de vaca e de porco, peixe, legumes, álcool, tabaco, chocolate e confeitaria. No início do ano a Rússia proibiu a importação de produtos agrícolas da Ucrânia.

Em Kiev, o primeiro-ministro ucraniano, Arseniy Yatsenyuk, sublinhou que estas medidas são uma reação à “agressão russa” e que “enquanto os soldados ucranianos guardam as fronteiras”, o governo vai “proteger o mercado interno” e os “interesses económicos” do país.

Moscovo também proibiu o trânsito de mercadorias ucranianas pela Rússia com destino à Ásia Central. Países como o Cazaquistão, o Azerbaijão ou a Arménia, absorvem quatro por cento das exportações agrícolas da Ucrânia. A interdição preocupa o governo de Kiev que no entanto não está a pensar retaliar com uma medida semelhante.

A correspondente da euronews em Kiev, Maria Korenyuk, explica que o governo já se queixou do embargo russo à Organização Mundial do Comércio (OMC) e espera que, pelo menos, a questão do trânsito de mercadorias seja discutida na próxima reunião do Conselho Geral da OMC, em fevereiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rússia declara correspondente da BBC de “agente estrangeiro”

Um morto e doze feridos em ataque russo a Poltava na Ucrânia

Blinken: "É essencial enviar mais armas para a Ucrânia"