Última hora

Última hora

Saúde: Quem deve ter medo do Zika?

A Organização Mundial da Saúde alerta para a propagação do vírus Zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e associado a casos de microcefalia em

Em leitura:

Saúde: Quem deve ter medo do Zika?

Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial da Saúde alerta para a propagação do vírus Zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti e associado a casos de microcefalia em bebés no Brasil.

Segundo a responsável da OMS a doença deve espalhar-se por todos os países das Américas, exceto Canadá e Chile.

“Apesar de um nexo de causalidade entre a infecção Zika na gravidez e microcefalia a prova circunstancial ainda não foi estabelecida, embora a sugestão seja extremamente preocupante.”

A OMS aconselha que mulheres com planos de viajem para áreas onde o Zika está em circulação consultem um médico antes e depois do retorno. O vírus pode ser transmitido através do sangue e também já foi encontrado no sémen humano, mas ainda não há evidências conclusivas de que possa ser transmitido sexualmente.

O país mais afetado é o Brasil, onde foram identificados quase 3.900 casos de microcefalia. Somente nas duas primeiras semanas do ano foram registados 728 novos casos suspeitos.

Os sintomas mais comuns são febre e erupção cutânea ou urticária, muitas vezes acompanhados por conjuntivite, dores musculares ou nas articulações. O mal-estar começa entre dois e sete dias após a picada de um mosquito infectado, embora cerca de 80% das infecções pelo Zika sejam assintomáticas, o que também dificulta o diagnóstico.