Última hora

Última hora

Síria: Grupo Estado Islâmico assume atentados na província de Damasco

Pelo menos 71 pessoas morreram e 110 ficaram feridas em explosões perto do santuário xiita de Sayeda Zeinab, ao sul de Damasco, na Síria. Um carro

Em leitura:

Síria: Grupo Estado Islâmico assume atentados na província de Damasco

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 71 pessoas morreram e 110 ficaram feridas em explosões perto do santuário xiita de Sayeda Zeinab, ao sul de Damasco, na Síria.

Um carro armadilhado e dois ataques suicidas semearam o caos, um atentado reivindicado pelos fundamentalistas sunitas do grupo Estado Islâmico. Em comunicado os extremistas anunciaram que duas operações “atingiram o reduto mais importante das milícias xiitas em Damasco”.

A mesquita de Sayeda Zeinab abriga o mausoléu de uma das netas do profeta Maomé. Muitos peregrinos xiitas do Irão, Iraque, Golfo e do Líbano visitam o local diariamente.

“Estas são estratégias terroristas. Eles querem que a conferência de Genebra fracasse.”

“Nós não nos importamos com a Arábia Saudita, Qatar ou a Turquia. Vamos permanecer firmes”.

Em fevereiro de 2015, a mesquita já havia sido alvo de um ataque suicida que matou quatro pessoas e feriu 13 num posto de controlo perto do santuário.