Síria: Grupo Estado Islâmico assume atentados na província de Damasco

Síria: Grupo Estado Islâmico assume atentados na província de Damasco
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Pelo menos 71 pessoas morreram e 110 ficaram feridas em explosões perto do santuário xiita de Sayeda Zeinab, ao sul de Damasco, na Síria. Um carro

PUBLICIDADE

Pelo menos 71 pessoas morreram e 110 ficaram feridas em explosões perto do santuário xiita de Sayeda Zeinab, ao sul de Damasco, na Síria.

Um carro armadilhado e dois ataques suicidas semearam o caos, um atentado reivindicado pelos fundamentalistas sunitas do grupo Estado Islâmico. Em comunicado os extremistas anunciaram que duas operações “atingiram o reduto mais importante das milícias xiitas em Damasco”.

A mesquita de Sayeda Zeinab abriga o mausoléu de uma das netas do profeta Maomé. Muitos peregrinos xiitas do Irão, Iraque, Golfo e do Líbano visitam o local diariamente.

“Estas são estratégias terroristas. Eles querem que a conferência de Genebra fracasse.”

“Nós não nos importamos com a Arábia Saudita, Qatar ou a Turquia. Vamos permanecer firmes”. Em fevereiro de 2015, a mesquita já havia sido alvo de um ataque suicida que matou quatro pessoas e feriu 13 num posto de controlo perto do santuário.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Duas crianças entre os seis mortos após bombardeamentos de Assad em Idlib

Bombardeamentos turcos contra milícias curdos faz pelo menos 20 mortos

Região rebelde de Idlib bombardeada após ataque em Homs