Última hora

Última hora

Em leitura:

Uzbequistão: O "Palácio Branco" de Shakhrisabz


Postcards

Uzbequistão: O "Palácio Branco" de Shakhrisabz

No último “Postcard” do Uzbequistão visitamos a cidade de Shakhrisabz e as ruínas do famoso palácio Ak-Saray ou “Palácio Branco”.

Os principais dados

  • Situa-se na Ásia Central. Tem como vizinhos o Cazaquistão, o Turquemenistão, o Quirguistão e o Tajiquistão
  • A capital é Tashkent
  • Possui mais de 30 milhões de habitantes
  • A ex-república soviética tornou-se independente em 1991
  • A área total do território é de 425,400 km2. As planícies representam quatro quintos do país
  • A temperatura média no inverno é de -6 graus centígrados. No verão os termómetros sobem até aos 32°
  • Cerca de 80% da população é uzbeque e o Islão é a principal religião (88% da população)

Construído no século XIV, era a imensa casa de verão do antigo imperador Tamerlão, na sua cidade natal. No que resta do edifício foram preservadas as obras de arte originais.

O jornalista Seamus Kearney estima que “foi uma autêntica façanha arquitetónica quando sabemos que no topo do palácio existiu uma grande piscina e uma fonte, com água oriunda das montanhas vizinhas.”

A guia turística Fayoza Dadaboeva recorda que, “na altura, Ak-Saray era o maior edifício da Ásia Central e um dos maiores do Mundo. Ak-Saray tem 56 metros de altura e as torres atingem os 72 metros”.

A sinalética mostra a beleza original do palácio. A zona circundante está a ser remodelada para manter viva a alma do edifício.

O centro histórico de Shakhrisabz integra a lista da UNESCO.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Uzbequistão: A histórica beleza da cerâmica de Rishtan

Postcards

Uzbequistão: A histórica beleza da cerâmica de Rishtan