Última hora

Última hora

Em março Grécia poderá contar com 70.000 refugiados bloqueados

O governo grego estima que o número de migrantes e refugiados bloqueados no país poderá alcançar os 70.000 em março. O aviso foi feito pelo ministro

Em leitura:

Em março Grécia poderá contar com 70.000 refugiados bloqueados

Tamanho do texto Aa Aa

O governo grego estima que o número de migrantes e refugiados bloqueados no país poderá alcançar os 70.000 em março. O aviso foi feito pelo ministro grego das Migrações, enquanto milhares de pessoas se acumulam na localidade de Idomeni, na fronteira com a Macedónia, depois do país vizinho ter decidido limitar fortemente o número de migrantes autorizados a passar no seu território: um máximo de 580 por dia. A medida também foi adotada pela Sérvia, pela Eslovénia e pela Croácia.

A Grécia conta atualmente com 22.000 migrantes e refugiados no seu território.

Ibrahim, um sírio que fugiu da guerra em Alepo, diz que tem de “esperar quatro ou cinco horas numa fila por água. Há 7000 pessoas [em Idomeni] e só há um ponto de distribuição de água e comida”.

Frustrados com o fecho das fronteiras, grupos de migrantes bloquearam a linha ferroviária que liga a Grécia à Macedónia.

Depois de três dias com as passagens efetivamente fechadas, as autoridades macedónias permitiram na última noite a entrada de cerca de 300 pessoas no seu território, um número inferior ao já restritivo limite de 580 pessoas por dia, previamente anunciado.

Apesar dos protestos, os guardas fronteiriços apressaram-se a fechar novamente as portas, após a breve abertura.