Última hora

Última hora

Putin mostra-se otimista quanto ao futuro da economia russa

A economia foi um dos temas fortes da Linha Direta, sessão televisiva anual em que o presidente russo, Vladimir Putin, responde a perguntas dos

Em leitura:

Putin mostra-se otimista quanto ao futuro da economia russa

Tamanho do texto Aa Aa

A economia foi um dos temas fortes da Linha Direta, sessão televisiva anual em que o presidente russo, Vladimir Putin, responde a perguntas dos cidadãos, previamente filtradas. Muitas das perguntas centraram-se em questões económicas, como a inflação, que no ano passado, atingiu os 12,9%, impulsionada pelo embargo da União Europeia: “Eu espero e tenho quase a certeza que esta crise é temporária e que passo a passo, à medida que os mercados vão sendo abastecidos com produtos alimentares locais, os preços também vão descer”.

Confrontado com a mais longa recessão depois da sua chegada ao poder, Vladimir Putin mostrou-se otimista, prevendo o retorno da economia russa ao crescimento no próximo ano: “A situação ainda não está resolvida, mas a tendência é positiva. O Produto Interno Bruto caiu 3,7% em 2015. O Governo espera que a economia continue em declínio ligeiro este ano”.

Quanto a este ano, o FMI é o mais pessimista, prevendo uma contração de 1,8% da economia russa. O Banco Central da Rússia fica-se por um recuo de 1,5%. E o Ministério da Economia pelos – 0,3%.

A Rússia atravessa pelo segundo ano consecutivo uma profunda recessão, por causa do afundamento do mercado petrolífero, do qual depende fortemente, e das sanções que lhe foram impostas devido à crise ucraniana.

No domingo, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) reúne-se no Qatar.