This content is not available in your region

Fort McMurray continua em chamas, fogo pode progredir para outros estados

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Fort McMurray continua em chamas, fogo pode progredir para outros estados

<p>As chamas gigantescas estão, de facto, a progredir, e continuam fora de controlo, no estado de Alberta, no Canadá. O fogo avança para lá de Fort McMurray e as autoridades temem agora que atinja outros estados. </p> <blockquote class="twitter-video" data-lang="pt"><p lang="pt" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/Inc%C3%AAndio?src=hash">#Incêndio</a> devastador consome cidade de <a href="https://twitter.com/hashtag/FortMcMurray?src=hash">#FortMcMurray</a>, <a href="https://twitter.com/hashtag/Alberta?src=hash">#Alberta</a>, <a href="https://twitter.com/hashtag/Canad%C3%A1?src=hash">#Canadá</a> (Crédito do vídeo: Ijubavi Moja) <a href="https://t.co/vX2kaR249D">pic.twitter.com/vX2kaR249D</a></p>— De Olho No Tempo (@deolhonotempo) <a href="https://twitter.com/deolhonotempo/status/729011365755662336">7 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>O termómetro marcava ainda perto de 30 graus, este sábado, os ventos de 40 km/h ajudavam as chamas a avançar para florestas que não veem chuva há dois meses. </p> <p>“Ainda esperamos que o fogo cresça para nordeste, acreditamos que há uma forte possibilidade de o fogo à fronteira de Saskatchewan esta noite. Esperamos um comportamento extremo do fogo durante a maior parte do dia nessas áreas de florestas que continua a afastar-se das comunidades, mas será mais um dia difícil para os bombeiros”, explicou Chad Morrison, responsável pela prevenção a incêndios do governo de Alberta. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr"><span class="caps">RCMP</span> standing guard just south of the fire front. <a href="https://twitter.com/weathernetwork"><code>weathernetwork</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/ymm?src=hash">#ymm</a> <a href="https://t.co/BB9BtbvxLH">https://t.co/BB9BtbvxLH</a></p>&mdash; Mark Robinson (</code>StormhunterTWN) <a href="https://twitter.com/StormhunterTWN/status/728679752123490306">6 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>As chamas continuam a afastar-se de Fort McMurray mas ameaçam ainda polos importantes: </p> <p>“Obviamente que este fogo está a afetar as operações de energia na região. Ontem a Suncor começou uma evacuação preventiva dos seus funcionários não essenciais nas instalações e de civis de Noralta Lodge, o local pode ser ameaçado pelas chamas”, adiantou Rachel Notley, a governante da província de Alberta. </p> <p>A situação é catastrófica. Já arderam mais de mil e quinhentos quilómetros quadrados de floresta, o correspondente a uma área equivalente a quase quinze vezes a da cidade de Paris. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt"><p lang="en" dir="ltr">Fort McKay facing voluntary evacuation order, wildfire size expected to double | <a href="https://t.co/OFgQOjQ9Ez">https://t.co/OFgQOjQ9Ez</a> | <a href="https://twitter.com/hashtag/ymmfire?src=hash">#ymmfire</a> <a href="https://t.co/Rsu8bGJTzb">pic.twitter.com/Rsu8bGJTzb</a></p>— Fort McMurray Today (@FortMacToday) <a href="https://twitter.com/FortMacToday/status/729044003442724864">7 de maio de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script> <p>Existe a possibilidade que chova nos próximos dias mas poderá não ser o suficiente para apagar as chamas.</p>