Última hora

Em leitura:

Ucrânia vence o Festival da Eurovisão

mundo

Ucrânia vence o Festival da Eurovisão

Publicidade

Ucrânia é o país vencedor do 61° Festival da Eurovisão. A segunda vitória ucraniana no Festival teve como protagonista a cantora Jamala, que, sábado, na Suécia, apresentou a canção “1944”. Um tema sobra a deportação dos tártaros da Crimeia ordenada por Estaline.

A Ucrânia venceu com 534 pontos.

Rússia e Austrália, que estavam no grupo dos favoritos, ficaram respetivamente em terceiro e quarto lugar.

Com Dami Im a interpretar “Sound Of Silence”, a Austrália (vencedora da votação do júri) conseguiu 511 pontos.

Sergey Lazarev apresentou You Are The Only One (vencedora do televoto) e conquistou 491 pontos para a Rússia.

Sergey Lazarev é uma estrela do pop russo que tem criticado frequentemente o clima homofóbico na Rússia, defendendo os direitos dos homossexuais, e opôs-se a anexação da Crimeia por Moscovo.

O resultado final foi decidido pela divisão em partes iguais
(50:50) entre júris profissionais e televoto dos 42 países participantes. Os 26 finalistas foram compostos por 20 qualificados na primeira e segunda semifinal, realizada nos dias 10 e 12 de maio, e seis países apurados automaticamente: Os “grandes 5” (França, Alemanha, Itália, Espanha e Reino Unido) e o país de acolhimento, Suécia.

A emissão de sábado à noite foi vista por 200 milhões de telespetadores. Este ano o concurso decorreu em Estocolmo, no Ericsson Globe, e contou, pela primeira vez, com a atuação de uma estrela internacional: Justin Timberlake.

Portugal não participou no festival deste ano, mas o diretor de programas da RTP, Daniel Deusdado, disse ao Diário de Notícias que a televisão estatal pretende “redefinir o Festival da Canção e a forma da escolha da música que representa Portugal”. “Em princípio, voltamos em 2017”, prometeu.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte