Última hora

Em leitura:

Fraudes com fundos europeus atingiram 888 milhões de euros

A redação de Bruxelas

Fraudes com fundos europeus atingiram 888 milhões de euros

Publicidade

ALL VIEWS

Clique para descobrir

O organismo que investiga as fraudes com dinheiro da União Europeia fechou 304 casos, em 2015, tendo sido mal utilizado 0,6% do orçamento.

O relatório divulgado, esta terça-feira, em Bruxelas, revela que 888 milhões de euros (do orçamento total de 141 mil milhões de euros), sobretudo de fundos sociais e estruturais, foram mal usados, tendo a maioria dos casos resgistado-se na Roménia, Bulgária e Hungria.

O diretor-geral do Organismo de Luta Anti-Fraude (OLAF), Giovanni Kessler, explica que “a justiça penal na União Europeia ainda funciona ao nível nacional, enquanto que este organismo investiga toda a comunidade europeia como se fosse um só país. A realidade é que estamos diante de crimes que são cada vez mais transnacionais”.

Além dos Estados-membros, o organismo também analisou 40 casos de alegada fraude no interior das instituições europeias, dos quais 19 levaram a recomendações aos implicados.

Alguns funcionários europeus queixam-se que as autoridades nacionais podem ter pouco zelo na posterior acusação das pessoas que defraudaram o orçamento comunitário e que, em geral, podem estar pouco atentos à forma como são usados os fundos.

Apenas cerca de metade das recomendações do OLAF para que fossem instaurados processos levaram a acusações por procuradores nacionais, nos últimos anos.

Por isso, Giovanni Kessler apoia a criação de um organismo europeu de procuradores para este tipo de crimes, que poderia ter mais poderes do que o OLAF para investigar, mas os governos têm resistido à ideia.

ALL VIEWS

Clique para descobrir

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte