This content is not available in your region

Candidato às legislativas na Austrália "mata" rivais em vídeo e cria polémica

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques  com afp
Candidato às legislativas na Austrália "mata" rivais em vídeo e cria polémica

<p>A poucas semanas das eleições parlamentares na Austrália, um dos candidatos está a ganhar popularidade, mas não muito positiva. Em plena campanha, o deputado independente Bob Katter publicou um vídeo nas respetivas redes sociais da internet onde simula matar a tiro representantes dos dois maiores partidos rivais nas eleições.</p> <blockquote class="twitter-video" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">Perhaps the most wicked campaign ad for 2016? <a href="https://t.co/N26KL3PynF">pic.twitter.com/N26KL3PynF</a></p>— Hon Bob Katter MP (@RealBobKatter) <a href="https://twitter.com/RealBobKatter/status/742906309192744960">15 de junho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>O vídeo, já de si polémico, ganhou ainda maior eco internacional ao surgir poucos dias após o massacre a tiro de 49 pessoas numa discoteca em Orlando, nos Estados Unidos. O protagonista está a ser “arrasado” pelas críticas nas redes sociais.</p> <p>Bob Ketter já reagiu à polémica e garantiu não ter sido uma tentativa de causar sensação e ganhar popularidade. O deputado e candidato às legislativas australianas de 2 de julho justifica o vídeo como uma mera tentativa de fazer campanha contra a alegada venda das terras agrícolas da Austrália a investidpores estrangeiros. </p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="en" dir="ltr">After answering questions about his campaign ad, <a href="https://twitter.com/RealBobKatter"><code>RealBobKatter</a> did some busking <a href="https://twitter.com/hashtag/ausvotes?src=hash">#ausvotes</a><a href="https://t.co/OSNpPSjYo4">https://t.co/OSNpPSjYo4</a><a href="https://t.co/eudSVBQ8mM">https://t.co/eudSVBQ8mM</a></p>&mdash; ABC News (</code>abcnews) <a href="https://twitter.com/abcnews/status/743293190254407681">16 de junho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Não foi mais do que uma mera tentativa de fazer humor com uma mensagem, acrescentou. Só que a mensagem, ao que parece, passou para segundo plano. sobre as críticas que lhe estão a ser dirigidas nos meios de comunicação, Katter “chutou para canto”. “Não sei o que se passa nos meios de comunicação. Não vejo televisão. Vou para a cama à meia noite todas as noites e não leio jornais”, afirmou à <span class="caps">ABC</span>. </p> <p>À Sky News defendeu que a “sátira tem sido uma das armas mais poderosas na história da Austrália”. “A Austrália tem um senso de humor que é preciso manter enquanto o país está a ser vendido”, concluiu.</p> <blockquote class="twitter-tweet" data-lang="pt" align="center"><p lang="und" dir="ltr">Via <a href="https://twitter.com/tsv_bulletin"><code>tsv_bulletin</a> <a href="https://t.co/uPpCWqEBFa">pic.twitter.com/uPpCWqEBFa</a></p>&mdash; Hon Bob Katter MP (</code>RealBobKatter) <a href="https://twitter.com/RealBobKatter/status/743295099111538689">16 de junho de 2016</a></blockquote> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p>