Última hora

Em leitura:

Candidato às legislativas na Austrália "mata" rivais em vídeo e cria polémica

mundo

Candidato às legislativas na Austrália "mata" rivais em vídeo e cria polémica

Publicidade

A poucas semanas das eleições parlamentares na Austrália, um dos candidatos está a ganhar popularidade, mas não muito positiva. Em plena campanha, o deputado independente Bob Katter publicou um vídeo nas respetivas redes sociais da internet onde simula matar a tiro representantes dos dois maiores partidos rivais nas eleições.

O vídeo, já de si polémico, ganhou ainda maior eco internacional ao surgir poucos dias após o massacre a tiro de 49 pessoas numa discoteca em Orlando, nos Estados Unidos. O protagonista está a ser “arrasado” pelas críticas nas redes sociais.

Bob Ketter já reagiu à polémica e garantiu não ter sido uma tentativa de causar sensação e ganhar popularidade. O deputado e candidato às legislativas australianas de 2 de julho justifica o vídeo como uma mera tentativa de fazer campanha contra a alegada venda das terras agrícolas da Austrália a investidpores estrangeiros.

Não foi mais do que uma mera tentativa de fazer humor com uma mensagem, acrescentou. Só que a mensagem, ao que parece, passou para segundo plano. sobre as críticas que lhe estão a ser dirigidas nos meios de comunicação, Katter “chutou para canto”. “Não sei o que se passa nos meios de comunicação. Não vejo televisão. Vou para a cama à meia noite todas as noites e não leio jornais”, afirmou à ABC.

À Sky News defendeu que a “sátira tem sido uma das armas mais poderosas na história da Austrália”. “A Austrália tem um senso de humor que é preciso manter enquanto o país está a ser vendido”, concluiu.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte