Última hora

França: Contestação à reforma do Código do Trabalho continua

64 000 manifestantes na ruas de France esta terça-feira, segundo a polícia, perto de 200 000 de acordo com a CGT é a continuação do braço-de-ferro entre governo e sindicato por causa das alteraçõe

Em leitura:

França: Contestação à reforma do Código do Trabalho continua

Tamanho do texto Aa Aa

64 000 manifestantes na ruas de France esta terça-feira, segundo a polícia, perto de 200 000 de acordo com a CGT é a continuação do braço-de-ferro entre governo e sindicato por causa das alterações ao Código de Trabalho.

A manifestação dos sindicatos franceses começou na Bastilha até à Praça de Itália, em Paris. Pelo caminho, pelo menos 39 pessoas foram detidas pelas autoridades.

“Estamos confiantes de que os últimos 4 meses não somos nós que estamos em posição fraqueza, como eu disse temos o apoio da maioria a todos os níveis e é o governo que tem de assumir a sua responsabilidade, ouvimos desde domingo que é preciso escutar as pessoas, em qualquer caso o governo e o presidente da República, têm a oportunidade de fazê-lo aqui em França também “.

Este é o 11.º dia de greves e manifestações no país. Os sindicatos querem, com isto, demonstrar o seu poderio antes de serem recebidos pelos responsáveis governamentais.