Última hora

Em leitura:

Itália lança campanha contundente para alertar migrantes

mundo

Itália lança campanha contundente para alertar migrantes

Publicidade

Alertar os migrantes ilegais para os grandes riscos a que se expõem quando se lançam na aventura de chegar à Europa, é o objetivo da campanha de comunicação “Aware migrants” apresentada, quinta-feira, pelo governo italiano.

A campanha recorre ao testemunho de migrantes que foram escravizados, espancados, que foram vítimas de ataques sexuais.

“Aware migrants” vai usar a internet para publicar os vídeos. Os testemunhos também serão difundidos em estações de rádio e televisão do Corno de África.

“Principalmente na rota do Mediterrâneo central, encontramos casos de pessoas que não fogem da guerra ou de perseguições. São pessoas que procuram a liberdade, a democracia, o bem-estar; estão à procura de um mundo melhor, perseguem um sonho e acabam por conhecer um pesadelo,” esclareceu o ministro italiano do Interior, Angelino Alfano, na conferência de imprensa em Roma.

A Organização Internacional para as Migrações (OIM) estima que em 2016, até 19 de junho, 214.691 migrantes e refugiados entraram na Europa pelo mar, através de Itália, Grécia, Chipre e Espanha. No mesmo período registou-se a morte de 2861 migrantes, enquanto nos primeiros seis meses de 2015 foram registados 1838 mortes.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte