Última hora

Em leitura:

Atletas recorrem a ventosaterapia para aliviar dores musculares

mundo

Atletas recorrem a ventosaterapia para aliviar dores musculares

Publicidade

Michael Phelps chamou à atenção, esta segunda-feira, não só por ter arrecadado a medalha de ouro ao vencer a prova de estafetas dos 4×100m livres, mas também pelas marcas redondas e roxas que tinha no ombro e que já foram vistas noutros atletas.

Estas manchas são o resultado de uma técnica designada “ventosaterapia” e que serve para estimular a circulação sanguínea, aliviar as dores e as inflamações musculares.

A técnica está a ser usada por vários atletas, nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

“Um atleta pode beneficiar da ventosaterapia porque estimula a circulação sanguínea na camada muscular. A estagnação do sangue provoca problemas como tensão muscular e inflamação. Isto ajuda o sangue a chegar à superfície da pele e a melhorar a circulação, libertando os movimentos musculares”, explica Erika Weber, especialista em medicina tradicional chinesa.

Apesar de não ser muito popular nas sociedades ocidentais, a ventosaterapia começou a ter notoriedade, na década passada, ganhando adeptos entre celebridades como Jennifer Aniston, Gwyneth Paltrow, e Justin Bieber.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte